Participantes

Adriana Veríssimo Serrão (Universidade de Lisboa – Portugal) : “Como é possível a Paisagem?”

Artur Rozestraten (Universidade de São Paulo – Brasil) : “Paisagens desiguais: metáforas, imagens e reflexões críticas.”

Bodo Rott (Berlim – Alemanha) :

Dirk Michael Hennrich (Universidade de Lisboa – Portugal/Alemanha) : “Conceitos Fundamentais da Filosofia da Paisagem.”

José Duarte Gorjão Jorge (Universidade de Lisboa – Portugal) : “Ordens e Poder da Paisagem”

Luca Vargiu (Universidade de Cagliari – Italia) : “The Beautiful Landscape?”

Paulo A. E. Borges (Universidade de Lisboa – Portugal) : “Conivência ou Observação? Repensar a filosofia da Paisagem a partir de François Jullien e do pensamento chinês”

Sandra Maria Patrício (Universidade de São Paulo – Brasil) : “A paisagem como forma reconhecível do ‘ethos’ humano. Um dialogo entre a Psicologia Científica e a Filosofia da Paisagem.”

Viriato Soromenho-Marques (Universidade de Lisboa – Portugal) “Uma Outra Crítica do Capitalísmo: Natureza e Paisagem na obra de Karl Polanyi, The Great Transformation (1944)”

Vladimir Bartalini (Universidade de São Paulo – Brasil) : “A paisagem como projeto no meio urbano contemporâneo.”

Acacio Netto (Universidade de Taubaté – Brasil) : “Entre o trajeto e a narrativa: o lugar aos olhos do passante.”

Alessandro Matta (Milano – Italia) : “Slums in Latin America. Practices between self-construction and design”

Arthur Simões Caetano Cabral (Universidade Federal de Goiás – Brasil) : “A fruição da paisagem nas cidades contemporâneas: interstícios, atmosferas e imagens poéticas.”

Beata Frydryczak (Adam Mickiewicz University, Poznan – Polônia) : “Being in the landscape, aesthetics experience of the processual nature of landscape”

Fátima Bacharel (Universidade de Évora – Portugal) : “Política da Paisagem – utopia e realidade.”

Fernando Silva (Universidade de Lisboa – Portugal) : “O ‘Eu enquanto Mundo’. Kant e o projecto de uma Geografia Física.”

Gesine Schepers (Universidade de Bielefeld – Alemanha) : “Natural Landscapes and the Idea of the Antropocene.”

Inês Souza Marques ( Universidade de Lisboa – Portugal) : “Paisagem como Salvação: Guerra e Natureza em Jacob’s Room, A Oeste Nada de Novo e Regeneration.”

Jorge Goldfarb (Bror-Hail – Israel) : “Landscapes as aspects of environing worlds: a Wittgensteinian approach.”

José Oswaldo Soares de Oliveira (Universidade de São Paulo – Brasil) : “Toxemia Socioambiental. Estudo Psicossocial da Transformação do Vale do Rio Paraíba do Sul.”

Julio Barêa Pastore/Mariana Siqueira (Universidade de Brasilia – Brasil) : “O Cerrado como um Jardim: Técnica e Subjectividade Implicadas na Elaboração de uma nova estética no Paisagismo Brasileiro.”

Luanda Francine Garcia da Costa (Universidade de São Paulo, Diversitas) :“A expulsão da vida e do sensível das paisagens.”

Maike Melles (Frobenius Institute of Research in Cultural Anthropology, Frankfurt a. Main – Alemanha) : “Representing landscape – Dwelling in the dehesa?”

Mário Monteiro Benjamim (Universidade de Évora – Portugal) : “Paisagem , Identidade e Hodologia.”

Mateusz Salwa (University of Warsaw – Polônia) : “Philosophy of Landscape: Aesthetics and Beyond.”

Michele Bandiera/Enrico Milazzo (Universidade  Turino – Itália) :  ”The role of mimesis in thew embodiment of landscape: Ampulia at the time of Xylella.”

Pedro Teixeira Carvalho/Ligia Bruhn de Souza Aranha (Universidade de São Paulo – Brasil): “É possîvel de pensar a transformação de ambientes urbanos em paisagem através do imaginar? Contribuições da Psicologia Arquetípica para a Filosofia da Paisagem.”

Richard Kover (University of Alberta – Canada) : “On the Ugliness of Windmills and the Sublimity of Oil.”

Roberto Rüsche (Universidade de São Paulo – Brasil) : “A viagem no interior da metrópole. Experiência e representação.”

Simone Cortezão (Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil) :“Paisagens entrópicas e as zonas de ressaca.”

Sonia Duarte (Universidade de Lisboa – Portugal) : “How to make things with worlds.”

Susanna M. Lima (Universidade do Porto – Portugal) : “Arquitectura da Paisagem em devir. Uma deambulação através do lugar do projecto e a construção do lugar a partir da obra de Fernando Tavares.”

Tiago Pilotto Rodrigues Alves (Universidade de São Paulo – Brasil) : “O encontro da prisão em The Walking Dead: sentimento da paisagem, reconhecimento do ethos.”

Valentina Serra (Universidade de Cagliari – Italia) : “‘Destructive eyes. Railway-landscape transformations in East Africa in the second half of the nineteenth century.”

Victor Maitino (Universidade de São Paulo – Brasil) : “O projecto em espaços de terceira paisagem: estudo de caso do parque da fonte no morro do querosene”